Como regularizar um imóvel sem matrícula?

Dicas para regularizar seu imóvel- (1) Continuar lendo Como regularizar um imóvel sem matrícula?

Quer alugar um imóvel? Não cometa esses erros!!

INTERIORS.png

 

Não ler o contrato.

Leia o contrato, por mais apressado que você estiver, leia atentamente as cláusulas e obrigações de cada um e se existem todos os dados necessários. Observe alguns dados obrigatórios que devem existir no contrato: nome do locador, locatário e fiador (se houver), descrição e endereço do imóvel locado, valor do aluguel, índice e periodicidade do reajuste, forma e local do pagamento, modalidade de garantia apresentada (fiador ou seguro fiança), discriminação dos encargos a serem pagos (condomínio, água, luz, IPTU, etc.), destinação do imóvel (residencial ou comercial), duração do contrato, cláusula de vigência em caso de alienação do imóvel, termo de vistoria (descrição do estado de conservação do imóvel) que deve ser parte integrante do imóvel.

Não ler a vistoria.

No mesmo caso do contrato, a vistoria merece a mesma ou até mais atenção que o contrato porque ali estão todos os dados do imóvel que você está alugando. Preste muita atenção ao conferir a mesma para depois não se complicar na entrega do imóvel.  Em termos gerais, a vistoria é um tipo de inspeção que é feita por um profissional específico como o vistoriador, O objetivo dessa análise é produzir um laudo sobre o estado do imóvel. Então muito cuidado na hora de alugar um imóvel para não se complicar no futuro.

Não pagar o seguro contra incêndio.

Aqui está uma grande dúvida, quanto ao seguro contra incêndio. Ele é um valor acrescido no aluguel para segurar imóveis contra sinistros do tipo. Todos os seguros residenciais devem contar com uma cobertura contra incêndio, por isso, quem contratar este tipo de seguro, seja para casa ou apartamento, contará com esta cobertura. O valor é acordado com a seguradora podendo ser feita através da imobiliária ou particularmente.

Fazer reparos sem autorização de proprietários.

Outra grande dúvida causadora de conflitos. Posso ou não fazer mudanças/reparos no imóvel sem autorização do proprietário? O imóvel locado não pode sofrer alterações sem a concordância do proprietário. Se as mudanças forem aceitas o acordo entre as partes deve ser feito por escrito. Pintura, furos, abertura de paredes, colocação de grades, alarme, e qualquer outra alteração deve ser autorizada pelo locador. Caso contrário o inquilino está sujeito a receber multas e as punições previstas no contrato.
Por exemplo, em algumas situações é necessário furar a parede para a colocação de armários, o inquilino pode fazer as furações, mas é preciso bom senso para não danificar o imóvel e na hora da entrega os mesmos devem estar tampados conforme a vistoria. Se as furações necessárias forem em ambientes com azulejo, como banheiro e cozinha, o inquilino terá que arcar com as despesas da reposição das peças de azulejo danificadas.

Não cumprir responsabilidades de pagamento de aluguel e taxas.

O maior dos problemas é a inadimplência, o não pagamento do aluguel e taxas. Uma dica importante para esse problema não existir é primeiramente verificar seu orçamento e procurar um imóvel que se adeque corretamente ao seu bolso, para mais tarde não ocorrer o problema de não conseguir pagar as obrigações do aluguel juntamente com condomínio e IPTU (se houver), não agir por impulso na hora de escolher o imóvel, pesquisar bem preços e ver o que melhor se adequa.

Venha até a Imobiliária Jaeger, aqui temos uma equipe de profissionais qualificados e prontos para lhe ajudar. Procure-nos. #VemPraJaeger